Poética Feminista para DAMAS

Mari França e Eli Capel

Mari França e Eli Capel- foto Clarissa Camargo

Poética Feminista para DAMAS – Ação no Largo da Batata, São Paulo, dia 21 de abril de 2016, artistas questionando padrões de comportamento e de estética relacionado às mulheres. Cada artista escolheu um espaço na praça, executou sua ação e interagiu em diálogo com a fotógrafa e com o espaço.

Núcleo Mulheres na Dança e artistas convidadas:

Letícia Camargo

Letícia Camargo- foto Clarissa Camargo

Letícia Camargo

Letícia Camargo- foto Clarissa Camargo

Dança e expressa seu sonho, se liberta das amarras, dá um tapa na cara dançando. O que dói em você também dói em mim.

Andressa Crosseti- foto Clarissa Camargo

Andressa Crosseti- foto Clarissa Camargo

Andressa Crossetti- foto Nil França

Andressa Crossetti- foto Nil França

Barbie Kelly, Marlyn Kelly, Marcela Kelly, Cinderela Kelly, Grace Kelly. Graça, leveza, pureza, limpeza, educação, sensatez, recato. beleza que sangra nos pés.

Eli Capel- foto Clarissa Camargo

Eli Capel- foto Clarissa Camargo

Eli Capel- foto Clarissa Camargo

Eli Capel- foto Clarissa Camargo

foto Clarissa Camargo

foto Clarissa Camargo

 

Enunciado: espremer o corpo no vidro, corpo padronizado, encaixotado/ passar creme no vidro melecar o corpo, lembrar do gozo dele nela- quem goza? a beleza dela engana, eles gozam pela corrupção.

Clarissa Camargo- foto Roberto Lajolo

Clarissa Camargo- foto Roberto Lajolo

Clarissa Camargo- foto Roberto Lajolo

Clarissa Camargo- foto Roberto Lajolo

“…onde sofreu torturas no pau-de-arara, sessão de choques elétricos, somados a espancamentos, afogamentos e queimaduras… foi submetida ao suplício da ‘Coroa-de-cristo’, uma tira de aço com parafusos colocada em volta da cabeça que gradativamente apertada leva ao esmagamento do crânio fazendo os olhos saltarem para fora das órbitas.” As Mina na História

Mari França- foto Clarissa Camargo

Mari França- foto Clarissa Camargo

Mari França e Eli Capel- foto Clarissa Camargo

Mari França e Eli Capel- foto Clarissa Camargo

“Nosso lugar é em qualquer lugar! Que não sejamos moldadas pela mídia burguesa. Todas nós podemos ser presidente, primeira dama, pedreira, Dona do nosso próprio destino sem ter um padrão de beleza.” Mari França

Fernanda Brum

Fernanda Brum- foto Clarissa Camargo

Fernanda Brum- foto Clarissa Camargo

Fernanda Brum- foto Clarissa Camargo

#belarecatadaedolar essa hashtag que encheu nossa linha do tempo foi mais além. Mulheres se sentiram na necessidade gritante de expressar no corpo o que isso nos provoca. ” Mari França

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *